Avisos Paroquiais
Receba nosso informativo diretamente em seu e-mail.
Fé em Deus deve sempre levar amor para o próximo, ensina Bento XVI

20/05/2010
Da Redação | CN Notícias
 
"A fé no Todo-Poderoso não pode deixar de levar o amor para o próximo", enfatizou Bento XVI durante um encontro histórico na manhã desta quinta-feira, 20.

É que pela primeira vez um representante diplomático dos Emirados Árabes Unidos entregava suas cartas credenciais a um Papa, que recebeu em audiência a primeira embaixadora daquele país junto à Santa Sé, Hissa Abdulla Ahmed Al-Otaiba.

Acesse
.: Discurso do Papa à primeira embaixadora dos Emirados Árabes Unidos

Os dois países estabeleceram relações em nível de Nunciatura e Embaixada em 31 de maio de 2007. Contudo, apenas agora o governo do xeique Mohammed bin Rashid al-Maktoum enviou um representante ao Vaticano.

"Como as relações diplomáticas entre a Santa Sé e os Emirados Árabes Unidos foram recentemente estabelecidas, vossa presença aqui hoje como a primeira embaixadora de vosso país junto à Santa Sé é um evento particularmente auspicioso", disse o Santo Padre.

Bento XVI salientou que a diplomacia da Santa Sé e a missão de serviço da Igreja Católica são motivadas pelo amor de Deus e pelo respeito da dignidade do próximo, sem distinção de raça, cor ou credo.

Ele também destacou que toda a atividade deve convergir para o bem dos homens e mulheres. "Reduzir os objetivos desses esforços humanos apenas para o lucros ou oportunidades seria arriscar perder a centralidade da pessoa humana em sua integridade como bem primário a ser salvaguardado e valorizado, pois o homem é a fonte, o foco e o objetivo de toda a vida econômica e social".

Além de notar que os Emirados Árabes Unidos têm experimentado grande crescimento econômico nos últimos anos, Bento XVI indicou que a ida de trabalhadores estrangeiros para o país torna-se oportunidade de diálogo entre as grandes religiões, culturas e povos do mundo.

Da mesma forma, observou que há várias igrejas Católicas construídas em locais doados pelo Estado, desejando que tal cooperação possa continuar, especialmente devido às crescentes necessidades pastorais dos católicos que vivem no país.

"A liberdade de culto contribui significativamente para o bem comum e traz harmonia social para todas as sociedades onde é praticada", finalizou.


Saiba mais sobre a embaixadora

Hissa Abdulla Ahmed Al-Otaiba, primeira embaixadora dos Emirados Árabes Unidos diante da Santa Sé.

Nascida em Abu Dhabi aos 23 de junho de 1958, é casada e tem seis filhos.

Laureada em Business Administration (Universidade do Cairo), conseguiu o Master in Computer Data Management (Webster Universidade de Saint Louis, EUA) e um Doutorado na Business School de Lossana (Suíça).

Já teve os seguintes encargos: Encarregada da Tecnologia da Informação nos Emirados Árabes Unidos (1981-2000); Encarregada da Tecnologia da Informação no Comitê das Esposas de Diplomatas das Nações Unidas (UNDWC) e no Fórum Internacional de Mulheres (WIF), Nova Iorque (2002-2007); Assistente do Representante local e, sucessivamente, Supervisora do Time de Operações do Programa de Desenvolvimento das Nações Unidas (UNDP) nos Emirados Árabes Unidos (2000-2008); Dirigente do Departamento de Planejamento e de Economia, Abu Dhabi (2008).

Atualmente é Embaixadora na Espanha, onde reside. Fala árabe, inglês, francês, português e espanhol.

Voltar

 
| Política de privacidade © 2009 - 2017 Paróquia São João Bosco. Todos os direitos reservados.