Avisos Paroquiais
Receba nosso informativo diretamente em seu e-mail.
Fiéis pedem paz durante procissão na Terra Santa

23/04/2012
 
A procissão segue em direção ao Monte Carmelo, na Cidade de Haifa, em Israel.

Foram três horas de caminhada até chegar ao pico do Monte do Carmelo a 600 metros de altitude. Todo esse trajeto foi realizado para saudar a Virgem Senhora do Carmo.

Um dia de memória e gratidão ao livramento ocorrido durante a Primeira Guerra Mundial, quando os monges carmelitas tiveram de abandonar o monastério e ir embora por conta do que acontecia ao redor. Mas deixaram suas preces, pediram à Virgem que guardasse a cidade e a população que ali vivia de todo mal.

A grande Mãe de Deus, que cumpre com amor e generosidade sua missão de cuidar de seus filhos, assim o fez. Nada aconteceu à cidade de Haifa.
Os carmelitas puderam voltar para o Monte Sagrado e, é claro, entronizar, novamente, a Rainha da paz e do amor no seu lugar devido.

Desde então, esse dia é vivido e celebrado não só pelos habitantes de Haifa, mas por todos os cristãos da Terra Santa que oferecem, durante a procissão, uma prece de paz e de dias melhores numa terra de tantos conflitos e divisão.

O fato, aqui ocorrido em décadas passadas, dá espaço ao presente, a uma esperança concreta de quem nasce árabe e com mais um ponto importante escrito em sua certidão de nascimento: cristão.

Aqui, na Terra Santa, é assim que funciona. Ao nascer, as pessoas não são registradas somente com sua cor e etnia, mas também com sua fé. Uma marca presente desde o nascimento e que vai fazendo com que o Cristianismo se perpetue nessa terra.

Os cantos de louvor à Virgem Maria, em árabe, aquecem o coração e dão um testemunho vivo de que, aqui, o Cristianismo se faz presente mesmo sendo minoria.

Nesse dia, as ruas ficam fechadas, porque a manifestação de fé é mais forte. A cidade anda, funciona, mas de uma forma bem diferente, porque a alegria das crianças, a vitalidade dos jovens e a fé madura dos adultos são fortes “veículos”, nos quais se testemunham a vida.

Eis aí o convite. Vamos, também nós, subir ao Monte para nos encontrar com a Estrela do Carmelo, a Virgem Maria. Também nosso saudoso Papa, agora beato João Paulo II, nos disse a respeito da Virgem que se encontra no alto do monte: “Maria é motivo de consolo e esperança, para o crente é um exemplo de inspiração e uma direção segura”.

Nós permanecemos, aqui na Terra Santa, dando testemunho daquilo que temos a oportunidade de ver e ouvir; assim vamos comunicando, pouco a pouco, um lugar com muita vida e fé.

Voltar

 
| Política de privacidade © 2009 - 2017 Paróquia São João Bosco. Todos os direitos reservados.