Avisos Paroquiais
Receba nosso informativo diretamente em seu e-mail.
A Lagoa e o Peixinho - Motivação do Dízimo de Março

29/03/2011
Irmãos e irmãs hoje narraremos uma estória contada por Frei Edílson, em encontro dos Missionários para Evangelização e Animação da Comunidade (MEAC).

Existia uma Lagoa e nesta lagoa morava um único Peixinho. Um dia, ao amanhecer, o peixinho acordou feliz e foi falar com a Lagoa. Disse o Peixinho: Lagoa, eu te amo! A Lagoa ficou feliz com aquela declaração de amor logo cedo e perguntou: Peixinho, por que você me ama? O Peixinho respondeu: Ah! Lagoa, eu te amo porque você garante minha vida, me alimenta, me protege. Eu te amo por muitos motivos. A Lagoa e o Peixinho passaram um dia muito feliz. 

No dia seguinte a Lagoa, ao acordar logo cedo, foi falar com o Peixinho: Peixinho, hoje eu queria te falar uma coisa. O peixinho, curioso, disse: Pode falar Lagoa. Então, com muito amor, a Lagoa disse: Peixinho, eu te amo!

O peixinho ficou surpreso com aquelas palavras e logo foi perguntando: Lagoa, por que você me ama?

A Lagoa, muito alegre, respondeu: Por nada, te amo pelo prazer de amar!

Queridos irmãos e irmãs, recebemos tudo de Deus. Deus é a Lagoa que ama a cada um de nós de modo particular e especial, simplesmente porque Deus é Amor. É como se fossemos o único peixinho da lagoa.

Mas nós percebemos que tudo o que somos e temos, é graça de Deus? Nós nos sentimos amados por Ele, ou sabemos o quanto Deus nos ama? E como retribuímos este Amor? 

O Dízimo é uma forma concreta de regularmente, de forma consciente e livre, dizermos ao Pai: Sei que amas e quero retribuir este amor imenso ajudando a construir a tua Igreja. Pois o Dízimo é, antes de tudo, uma questão de Fé! 

Plantão do Dízimo, após as missas do final de semana na Igreja Matriz!

Voltar

 
| Política de privacidade © 2009 - 2017 Paróquia São João Bosco. Todos os direitos reservados.