Avisos Paroquiais
Receba nosso informativo diretamente em seu e-mail.
Campanha SOS Sudeste já arrecadou mais de 600 mil reais

27/01/2011
CNBB
 
A campanha SOS Sudeste, organizada pela Cáritas Brasileira e Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) já arrecadou mais de 600 mil reais para o auxílio das vítimas das chuvas na região. A campanha teve início no dia 12 de janeiro.

Além da Cáritas Brasileira, já estão confirmadas as contribuições da Cáritas Alemã, com 50 mil euros; da Cáritas Portuguesa [50 mil euros]; da Cáritas Espanhola, [100 mil euros] e da Cáritas Suíça, com 50 mil francos suíços. A Cáritas da Itália também manifestou apoio, mas ainda não confirmou a quantia com que irá contribuir.

Enchentes no Sudeste

Até a manhã desta quarta-feira, 26, chegou a 838 o número de mortos nas enchentes da Região Serrana do Rio de Janeiro, segundo informações das prefeituras dos sete municípios atingidos. As prefeituras informam ainda que  são 398 mortos em Nova Friburgo, 344 em Teresópolis, 67 em Petrópolis, 22 em Sumidouro, 6 em São José do Vale do Rio Preto e 1 em Bom Jardim. Há ainda mais de 500 pessoas desaparecidas na região, segundo o Ministério Público.

Em São Paulo, já morreram seis pessoas por causa das chuvas na capital paulista desde o dia 1º de dezembro de 2010. Os dados são da Defesa Civil do Estado de São Paulo. Os desalojados já somam 58 e os desabrigados 180. O mês de janeiro de 2011 já é considerado o mais chuvoso da história do estado de São Paulo com 493,7 mm de precipitação desde o início do mês até as 10h desta quarta-feira, 26, de acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet). O recorde superado foi de 481,4 mm, registrado em 1947.

A Defesa Civil de Minas Gerais confirmou nesta quarta-feira, 26, que 102 cidades já decretaram situação de emergência devido às chuvas no estado. Soledade de Minas, região sul do estado e Itamarandiba, na Região do Vale do Jequitinhonha, foram as últimas a decretar.

Já foram registradas em Minas 17 mortes, 17.654 foram desalojadas e 2.678 desabrigadas. Desde que começou o período chuvoso no estado, em outubro de 2010, a Defesa Civil já calculou que 253 casas e 156 pontes foram destruídas e 6.770 casas e 488 pontes, danificadas.

A Defesa Civil do Espírito Santo, por sua vez, confirmou que o estado teve 42 municípios afetados pelas chuvas. Diversos problemas foram apresentados decorridos das fortes chuvas, entre eles alagamentos de casas e ruas, deslizamentos de encostas, interdição de estradas e rodovias, queda de pontes e bueiros, pessoas desabrigadas e desalojadas. O número de vítimas fatais foi de 5 pessoas. No município de Linhares uma menina de 1 ano e 7 meses faleceu enquanto seus pais retiravam móveis e eletrodomésticos de sua residência. Os desabrigados caíram de 1.336 para 790 pessoas. Os desalojados são 16.212.

Colabore com a Campanha da Cáritas Brasileira. Faça sua doação pelas seguintes contas bancárias:

BANCO DO BRASIL
AG. 3475-4 – C/C 32.000-5

CAIXA ECONÔMICA FEDERAL
AG. 1041 – OP. 003 – C/C 1490-8

BRADESCO
AG.0606-8 C/C: 71.000-8
CNPJ da Cáritas Brasileira: 33.654.419/0001-16

Voltar

 
| Política de privacidade © 2009 - 2017 Paróquia São João Bosco. Todos os direitos reservados.